Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
RIO GRANDE DO SUL, GOIÁS E PARANÁ SERÃO PRÓXIMOS ESTADOS A RECEBER MUTIRÃO DA MIGRAÇÃO AM-FM
Domingo, 23 de Abril de 2017

RIO GRANDE DO SUL, GOIÁS E PARANÁ SERÃO PRÓXIMOS ESTADOS A RECEBER MUTIRÃO DA MIGRAÇÃO AM-FM

Brasília – Ministro Gilberto Kassab estará em Porto Alegre no próximo dia 8

 

Com o objetivo de finalizar ainda em 2017 a primeira etapa da migração do rádio AM para o FM, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) realizará, nas próximas semanas, mutirões de assinaturas com radiodifusores em três estados. Rio Grande do Sul, Goiás e Paraná são os próximos estados que irão receber a comitiva para a realização das cerimônias de assinatura que terão início no dia 8 de maio, em Porto Alegre.
No dia 8 de maio, o ministro Gilberto Kassab estará em Porto Alegre (RS); no dia 31 de maio, em Goiânia (GO); e em 5 de junho, estará em Curitiba (PR). Em breve, as datas e locais dos mutirões seguintes serão divulgados pelo MCTIC. O mutirão passou por Santa Catarina em fevereiro, quando 15 emissoras assinaram o termo aditivo de adaptação das outorgas, que autoriza a mudança de faixa. Em março, a caravana do MCTIC esteve em Belo Horizonte (MG), onde 47 emissoras assinaram o documento para operar no FM.
 
Das 1781 rádios AM de todo o país, quase 1500 solicitaram a migração do AM para o FM. Nesta primeira etapa, cerca de 960 emissoras poderão operar na faixa atual de FM, de 88 FM a 108 FM. As demais emissoras de rádio terão que esperar a conclusão do processo de digitalização da TV, que já está acontecendo, para que a faixa seja estendida de 76 FM até 87 FM, liberando espaço suficiente para todas as rádios.
 
Durante a cerimônia de assinatura de mais 47 emissoras AM mineiras que irão migrar para o FM, realizada em Belo Horizonte no mês passado, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse que “no momento que o Brasil atravessa uma conjuntura difícil, conseguimos avançar com medidas que não têm custo e melhoram a vida do cidadão”. A cerimônia também contou com representantes da ABERT, AMIRT e de radiodifusores.
 
O ministro ressaltou que os ouvintes serão os maiores beneficiados pela medida. "Milhares de pessoas serão beneficiadas por um ato como o que acontece nesta manhã, que não teve custo nenhum, apenas a iniciativa do governo, em conjunto com as entidades do setor, para que a gente possa melhorar a qualidade do serviço e retomar a comunicação em alguns municípios onde as rádios estavam relegadas a segundo plano", destacou Kassab.
 
Com informações da ABERT e do MCTIC

Com o objetivo de finalizar ainda em 2017 a primeira etapa da migração do rádio AM para o FM, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) realizará, nas próximas semanas, mutirões de assinaturas com radiodifusores em três estados. Rio Grande do Sul, Goiás e Paraná são os próximos estados que irão receber a comitiva para a realização das cerimônias de assinatura que terão início no dia 8 de maio, em Porto Alegre.

 

 

No dia 8 de maio, o ministro Gilberto Kassab estará em Porto Alegre (RS); no dia 31 de maio, em Goiânia (GO); e em 5 de junho, estará em Curitiba (PR). Em breve, as datas e locais dos mutirões seguintes serão divulgados pelo MCTIC. O mutirão passou por Santa Catarina em fevereiro, quando 15 emissoras assinaram o termo aditivo de adaptação das outorgas, que autoriza a mudança de faixa. Em março, a caravana do MCTIC esteve em Belo Horizonte (MG), onde 47 emissoras assinaram o documento para operar no FM.

 

 

Das 1781 rádios AM de todo o país, quase 1500 solicitaram a migração do AM para o FM. Nesta primeira etapa, cerca de 960 emissoras poderão operar na faixa atual de FM, de 88 FM a 108 FM. As demais emissoras de rádio terão que esperar a conclusão do processo de digitalização da TV, que já está acontecendo, para que a faixa seja estendida de 76 FM até 87 FM, liberando espaço suficiente para todas as rádios.

 

 

Durante a cerimônia de assinatura de mais 47 emissoras AM mineiras que irão migrar para o FM, realizada em Belo Horizonte no mês passado, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse que “no momento que o Brasil atravessa uma conjuntura difícil, conseguimos avançar com medidas que não têm custo e melhoram a vida do cidadão”. A cerimônia também contou com representantes da Abert, Amirt e de radiodifusores.

 

 

O ministro ressaltou que os ouvintes serão os maiores beneficiados pela medida. "Milhares de pessoas serão beneficiadas por um ato como o que acontece nesta manhã, que não teve custo nenhum, apenas a iniciativa do governo, em conjunto com as entidades do setor, para que a gente possa melhorar a qualidade do serviço e retomar a comunicação em alguns municípios onde as rádios estavam relegadas a segundo plano", destacou Kassab.

 

 

Com informações da Abert e do MCTIC

 

Fonte: Tudo Rádio
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Rua Riachuelo, 1098 - Sala 204 - Bairro Centro
CEP: 90.010-270 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS