Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
Áudio é consumido por 97% da população da França; Rádio lidera com folga nesse formato de mídia
Quarta, 19 de Junho de 2024

Áudio é consumido por 97% da população da França; Rádio lidera com folga nesse formato de mídia

Oito em cada dez franceses ouvem áudio diariamente. O rádio representa 56% do total consumido no universo desse tipo de mídia

O áudio está bem enraizado na população francesa. É o que revela uma pesquisa da Médiamétrie, que estuda o consumo de mídia no país europeu. Oito em cada dez pessoas consomem algum conteúdo de áudio pelo menos uma vez por mês e, no consumo diário, o formato alcança 84% da população francesa, ou seja, 43 milhões de pessoas. E o rádio é o líder em consumo nesse tipo de mídia, representando 56% do volume de áudio ouvido por dia, sendo 51% ao vivo e 5% em podcasts (reprise e nativos).

Os números do rádio são ainda mais expressivos quando são consideradas apenas as ofertas gratuitas nesse tipo de formato de mídia, representando quase três quartos (72%) do volume de áudio diário e 77% do consumo em carros, de acordo com a pesquisa Global Audio, da Médiamétrie, que mapeou o consumo desse tipo de mídia entre os franceses.


Divisão entre formatos de áudio no total de consumo deste tipo de mídia na França

Já sobre o consumo exclusivo de rádio na França, 38,7 milhões de pessoas ouvem o meio diariamente, com 9,7 milhões de pessoas ouvindo através de dispositivos digitais, o que representa 17,2% da população francesa. A Médiamétrie destaca que houve um aumento de 357 mil ouvintes digitais em apenas um ano. 

Diariamente, 5,9 milhões de ouvintes utilizam smartphones para escutar conteúdo de rádio, seguido de 1,5 milhão de ouvintes recorrendo as smarts speakers e 1,4 milhão em computadores, isso para detalhar o universo de escuta via streaming de rádio.

Hoje, 77,3% do total do consumo de rádio está via ondas terrestres (o que inclui AM/FM analógicos e DAB+, que é o rádio digital terrestre, este que está em expansão). Já 22,7% está concentrado via streaming e outros formatos on-line de consumo. Para se ter uma ideia sobre a mudança nos hábitos de como se consome rádio, a transmissão terrestre representava 80,1% do total em 2023, enquanto o streaming/digital detinha 19,9%.


Divisão entre sinais terrestres (FM/AM/DAB) e online (streaming/audio on demand)

Mais sobre o áudio digital

As ofertas digitais de áudio, incluindo rádios online, podcasts nativos, streaming musical e audiolivros, continuam a crescer, representando 56% do consumo diário de áudio em 2024, comparado a 54% em 2023. Cerca de 41 milhões de franceses entre 15 e 80 anos (81%) consomem áudio digital mensalmente, um aumento de 4% em um ano, e aproximadamente 28 milhões o fazem diariamente.

Esse crescimento é impulsionado pelos smartphones, que em 2024 representam 29% do tempo de escuta de áudio, um aumento de 2 pontos percentuais. Entre os jovens de 15 a 24 anos, 85% do volume diário de áudio é digital, com o streaming musical liderando as preferências ao longo do dia. Já o consumo de áudio off-line, que inclui o rádio FM analógico, representa 44% do total.

O áudio se tornou essencial na vida dos franceses, disponível em diversos dispositivos. Os hábitos variam conforme a idade, com jovens preferindo ouvir em casa e com fones, enquanto os adultos de 25-49 anos optam por ouvir no carro e sem fones”, afirma Cécile Bertrand, Diretora de Estudos e Marketing de Produtos da Médiamétrie.

A pesquisa foi realizada online (CAWI) entre fevereiro e março de 2024, com uma amostra de 4.015 indivíduos, representando a população francesa de 15 a 80 anos.

E por qual razão olhar para lá fora?

tudoradio.com costuma observar esses pontos de curiosidade dos números do rádio internacional para mapear possíveis mudanças de hábitos e a manutenção do consumo de rádio em diferentes países. Assim como ocorreu no ano anterior, periodicamente a redação do portal irá monitorar o desempenho do rádio nos principais mercados do mundo e, é claro, fazendo sempre uma comparação com a situação brasileira. E, como de costume, repercutindo também qualquer número confiável sobre o consumo de rádio no Brasil.

Com informações da Médiamétrie

Fonte: Tudo Rádio
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Rua Riachuelo, 1098 - Sala 204 - Bairro Centro
CEP: 90.010-270 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS