Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
Novos dispositivo PPM
Quinta, 07 de Abril de 2022

Para medir rádio, Nielsen apresenta dispositivos mais portáteis e de aparência contemporânea

Empresa responsável pela aferição da audiência de rádio nos Estados Unidos usa dispositivos que lembram os aposentados "pagers". Novos equipamentos aumentaram o tempo de uso

Um bracelete, um pingente ou um "grampo". São essas as novas caras dos dispositivos de medição eletrônica de audiência da Nielsen, empresa responsável por aferir o consumo de rádio nos Estados Unidos. Os novos equipamentos foram apresentados na última quinta-feira (31) ao mercado local e passaram por mais de 4 anos de testes. A ideia é diminuir a presença do dispositivo atual, que é um aparelho muito semelhante ao aposentado pager (usado entre os anos 80 e 90 como um aparelho de recebimento de mensagens). Nos testes, os novos equipamentos foram mais utilizados pelos usuários, ou seja, podem ampliar o tempo de medição.

Os novos medidores com aparência mais contemporânea e ainda mais portáteis (pois são bem menores do que os dispositivos atuais) serão distribuídos a partir do final deste mês. Porém, segundo o que veiculou a imprensa local especializada, não haverá uma substituição completa dos antigos dispositivos de PPM, que ainda seguirão presentes nas medições e inclusive com novas distribuições. 

A ideia desses equipamentos mais portáteis é ampliar novamente a base usada para as medições da Nielsen Audio, esta que teve problemas com a crise na cadeia de suprimentos globais, esta ocasionada pela pandemia da covid-19. Esse quadro afeta diretamente a remessa de novos dispositivos PPM ao mercado, diminuindo assim a base de aferição do consumo de rádio.

“Ser capaz de recrutar ambos simultaneamente nos permite realmente mitigar quaisquer riscos da cadeia de suprimentos para qualquer fator de forma”, disse Erin Wittkowski, principal cientista de dados da Nielsen, Audio Meters, durante um webinar para clientes na última quinta-feira (31). “Isso realmente nos posiciona para poder recuperar nosso painel e também começar a introduzir wearables em nosso painel PPM, porque nos sentimos muito bem com isso.”, completa o executivo.

O rádio norte-americano conta com medição eletrônica da Nielsen Audio chamada PPM (Portable People Meter), presente em 48 mercados.

Maior tempo de escuta de rádio?

É possível que os novos medidores afetem positivamente o tempo de escuta das estações. Motivo? Por serem mais portáteis e com aparência mais agradável, os usuários estão carregando os acessórios por mais tempo. Isso foi possível perceber através dos resultados dos testes realizados pela empresa.  Os novos dispositivos "vestíveis" ampliaram o “tempo de uso” em cerca de uma hora por dia para pessoas com mais de 6 anos. Ou seja, isso se traduziu em taxas 10% mais altas na medição.

“Testamos vigorosamente todos os aspectos do novo wearable PPM”, afirma o diretor administrativo da Nielsen Audio, Brad Kelly. “Os wearables PPM representarão um grande passo à frente e prepararão bem a indústria para o futuro.”, completa. 

E por qual razão olhar para lá fora?

tudoradio.com costuma observar esses pontos de curiosidade dos números do rádio internacional para mapear possíveis mudanças de hábitos e a manutenção do consumo de rádio em diferentes países. Assim como ocorreu no ano anterior, periodicamente a redação do portal irá monitorar o desempenho do rádio nos principais mercados do mundo e, é claro, fazendo sempre uma comparação com a situação brasileira. E, como de costume, repercutindo também qualquer número confiável sobre o consumo de rádio no Brasil.

Com informações da Nielsen Audio e do portal Inside Radio

Fonte: Tudo Rádio
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Rua Riachuelo, 1098 - Sala 204 - Bairro Centro
CEP: 90.010-270 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS