Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
Fraudes podem atingir whatsapp de rádios, saiba como se prevenir
Segunda, 31 de Agosto de 2020

Fraudes podem atingir whatsapp de rádios, saiba como se prevenir

Para se proteger de possíveis golpes e prejuízos que vão além do financeiro, especialistas recomendam a ativação da confirmação em duas etapas nos aplicativos

O Whatsapp é uma das principais plataformas de comunicação entre as rádios e os ouvintes, mas é necessário tomar cuidado para que este meio não seja invadido por hackers e cause prejuízos.

Segundo o advogado Guilherme Guimarães, especialista em direito digital e segurança da informação, é preciso que todos que estejam à frente do uso do WhatsApp da emissora sejam alertados para os principais cuidados. “Primeiro não se deve clicar em nenhum link suspeito recebido pelo aplicativo, porque ele pode ser na realidade algo criado justamente para instalar um programa ou código malicioso no seu equipamento. E o objetivo destes criminosos é sempre capturar dados da empresa e dos seus contatos” alerta.

Para Fernanda Burakovski, especialista em segurança online, “mesmo ativando alguns sistemas de segurança é preciso fazer uma análise para que nenhum dos fatores de segurança, como email, código PIN e até a autenticação em dois fatores não estejam expostos a terceiros”.

Principais métodos de segurança

Para se proteger de possíveis golpes e prejuízos que vão além do financeiro, os especialistas são unânimes em afirmar que a ativação da confirmação em duas etapas nos aplicativos é eficaz para conter golpes deste tipo. “O que eu ressalto no uso do WhatsApp é habilitar a verificação em duas etapas, pois assim você consegue impedir que alguém capture a sua conta” explica Guimarães.

E não funciona somente para o mensageiro, contas em plataformas de redes sociais como o Facebook e o Instagram também devem ter a opção de segurança ativada. “Como todas as contas normalmente são conectadas é muito importante utilizar a qualidade máxima de segurança que cada uma das redes oferece. Além disso, os celulares precisam ter senha ou leitura de digital, o máximo de dificuldade que você puder trazer para barrar os mal intencionados” adverte Fernanda.

Participação de ouvintes

Com a utilização cada vez mais frequente das interações via áudio ou foto com os ouvintes, as rádios precisam tomar cuidado para que este tipo de atitude não coloque empresa e público em risco. “É extremamente importante o uso do antivírus e ainda a utilização da versão web do WhatsApp, estes dois fatores contribuem para garantir que não exista uma infecção por vírus ou malware” completa Fernanda.

Dicas para o uso comercial do WhatsApp

– Utilização de conta business;

– Ativar a confirmação em duas etapas;

– Instalar antivírus tanto no aparelho celular quanto no computador;

– Limpar conversas e arquivos no aplicativo periodicamente;

– Sempre deslogar o WhatsApp web quando não estiver em uso.

Fonte: AERP
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Av. Getúlio Vargas, 774 - CJ 604 - Bairro Menino Deus
CEP: 90.150-002 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS