Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
Abratel: sanção da MP 1.018 é um avanço para setor de radiodifusão
Quarta, 16 de Junho de 2021

Abratel: sanção da MP 1.018 é um avanço para setor de radiodifusão

A sanção ocorreu em evento simbólico no Palácio do Planalto e contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria

Por Marcos Urupá

 15/06/21, 22:33   Atualizado em 15/06/21, 22:33

O presidente da Abratel, Marcio Novaes, celebrou a sanção da MP 1.018/2020, que traz uma série de mudanças no setor de comunicações, dentre elas, a autorização para as retransmissoras de rádio e TV da Amazônia Legal e das em regiões de fronteira de desenvolvimento aumentarem o conteúdo jornalístico.

Com esta medida, as emissoras pertencentes às concessionárias de televisão terão a possibilidade de inserir três horas de programação diária de conteúdo jornalístico e noticioso, além de 15% de programação local já autorizada para a região da Amazônia Legal.

"Embora tenha tido veto parcial, a sanção da MP 1018/2020 se traduz numa grande conquista para os radiodifusores brasileiros. A Lei irá possibilitar que a informação profissional e o conteúdo de qualidade possam chegar a locais distantes que contam com uma cobertura local deficiente de comunicação, como é o caso da Amazônia Legal", afirmou Márcio Novaes.

A sanção ocorreu em evento simbólico no Palácio do Planalto e contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que ressaltou a importância da medida provisória para as emissoras brasileiras. "Essa MP significa a possibilidade de mais conteúdo nas fronteiras e maior flexibilidade na gestão local das emissoras", enfatizou Faria.

Fonte: TeleTime
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Rua Riachuelo, 1098 - Sala 204 - Bairro Centro
CEP: 90.010-270 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS