NOTÍCIAS   PÁGINA INICIAL
04/06/18
BRASIL ESTÁ PRÓXIMO DA MARCA DE 400 MIGRANTES DA FAIXA AM ATIVAS NO DIAL FM
Levantamento do serviço “Dials FM/AM tudoradio.com” aponta que são 389 emissoras originadas na faixa AM que estão ativas no d

 

O processo de migração AM-FM segue evoluindo no mercado brasileiro. O ritmo de novas FMs no dial originadas da faixa AM diminuiu nas últimas três semanas, mas o processo segue evoluindo nas praças que ainda contam com espaço no “dial convencional” (88.1 FM para 107.9 FM) para acomodar essas estações. Até o fechamento desta matéria, o serviço “Dials FM/AM do tudoradio.com” e o “Mapa da Atualização do tudoradio.com” mapearam 389 migrantes ativas na faixa FM. Acompanhe:
O mapeamento aponta que o processo de migração AM-FM continua mais acelerado no estado do Paraná, este que conta com 52 emissoras originadas em AM que já estão operando normalmente no dial FM. Na sequência aparece São Paulo, com 49 emissoras e uma situação de espectro mais delicada, já que a ocupação da faixa entre 88.1 FM a 107.9 FM é maior, o que inspira mais cuidados para a acomodação dessas emissoras. Minas Gerais tem 46 rádios vindas do AM mapeadas em FM, enquanto Santa Catarina e Rio Grande do Sul aparecem com 36 cada.
Mato Grosso (23 emissoras), Mato Grosso do Sul (23), Goiás (19), Ceará (17) e Bahia (16) também estão com o processo em evolução, estados que recentemente apresentaram novidades em seus espectros FMs. Em Campo Grande (MS), por exemplo, o processo evoluiu de forma significativa devido o espaço existente na faixa FM convencional (88.1 FM a 107.9 FM). Teresina (PI) também é outro exemplo de capital que evoluiu de forma significativa no processo, tendo a Rádio Pioneira FM 88.7 como migrante mais recente.
A desaceleração do processo nas últimas semanas pode ser momentânea e ligada à vários motivos. Várias emissoras estão com pendências técnicas, jurídicas ou aguardam liberação para iniciarem suas operações no dial FM “convencional”, conforme destacado no evento realizado pela AESP no final de maio em São Paulo. Mas é possível que o número chegue a 400 migrantes AM-FM mapeadas pelo tudoradio.com ainda no mês de junho.
O FMe
O FMe, ou FM estendido (entre 76 MHz a 88 MHz) ainda é uma incerteza e gera expectativa. As últimas previsões indicavam que a canalização nessa faixa será iniciada a partir do segundo semestre deste ano, ou seja, o mercado ainda conta com essa informação. O FMe será responsável pela evolução da migração AM-FM nos mercados onde não há espaço entre 88.1 FM a 107.9 FM, ou seja, em praças como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Campinas, São José dos Campos, Ribeirão Preto, entre outras cidades.
No começo de março o tudoradio.com publicou uma matéria que indicava 347 migrantes AM-FM mapeadas pelo sistema do portal. E no final de janeiro esse número estava em 325.
Clique aqui e confira a lista completa de migrantes AM-FM mapeadas pelo tudoradio.com
Toda essa movimentação é acompanhada diariamente pelo Mapa da atualização do tudoradio.com (clique aqui e saiba mais).
389 migrantes AM-FM?
O número é relacionado ao levantamento feito pelo tudoradio.com nos dials AM/FM no portal, ou seja, são 389 migrantes AM-FM que tem a sua cobertura em FM já mapeada pela equipe do portal (até o fechamento desta matéria). 
O levantamento completo (inclusive o número de migrantes por estado) pode ser acompanhado aqui. A atualização é diária.

 

O processo de migração AM-FM segue evoluindo no mercado brasileiro. O ritmo de novas FMs no dial originadas da faixa AM diminuiu nas últimas três semanas, mas o processo segue evoluindo nas praças que ainda contam com espaço no “dial convencional” (88.1 FM para 107.9 FM) para acomodar essas estações. Até o fechamento desta matéria, o serviço “Dials FM/AM do tudoradio.com” e o “Mapa da Atualização do tudoradio.com” mapearam 389 migrantes ativas na faixa FM. Acompanhe:

 

O mapeamento aponta que o processo de migração AM-FM continua mais acelerado no estado do Paraná, este que conta com 52 emissoras originadas em AM que já estão operando normalmente no dial FM. Na sequência aparece São Paulo, com 49 emissoras e uma situação de espectro mais delicada, já que a ocupação da faixa entre 88.1 FM a 107.9 FM é maior, o que inspira mais cuidados para a acomodação dessas emissoras. Minas Gerais tem 46 rádios vindas do AM mapeadas em FM, enquanto Santa Catarina e Rio Grande do Sul aparecem com 36 cada.

 

Mato Grosso (23 emissoras), Mato Grosso do Sul (23), Goiás (19), Ceará (17) e Bahia (16) também estão com o processo em evolução, estados que recentemente apresentaram novidades em seus espectros FMs. Em Campo Grande (MS), por exemplo, o processo evoluiu de forma significativa devido o espaço existente na faixa FM convencional (88.1 FM a 107.9 FM). Teresina (PI) também é outro exemplo de capital que evoluiu de forma significativa no processo, tendo a Rádio Pioneira FM 88.7 como migrante mais recente.

 

A desaceleração do processo nas últimas semanas pode ser momentânea e ligada à vários motivos. Várias emissoras estão com pendências técnicas, jurídicas ou aguardam liberação para iniciarem suas operações no dial FM “convencional”, conforme destacado no evento realizado pela AESP no final de maio em São Paulo. Mas é possível que o número chegue a 400 migrantes AM-FM mapeadas pelo tudoradio.com ainda no mês de junho.

 

O FMe

 

O FMe, ou FM estendido (entre 76 MHz a 88 MHz) ainda é uma incerteza e gera expectativa. As últimas previsões indicavam que a canalização nessa faixa será iniciada a partir do segundo semestre deste ano, ou seja, o mercado ainda conta com essa informação. O FMe será responsável pela evolução da migração AM-FM nos mercados onde não há espaço entre 88.1 FM a 107.9 FM, ou seja, em praças como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Campinas, São José dos Campos, Ribeirão Preto, entre outras cidades.

 

No começo de março o tudoradio.com publicou uma matéria que indicava 347 migrantes AM-FM mapeadas pelo sistema do portal. E no final de janeiro esse número estava em 325.

 

Clique aqui e confira a lista completa de migrantes AM-FM mapeadas pelo tudoradio.com

 

Toda essa movimentação é acompanhada diariamente pelo Mapa da atualização do tudoradio.com (clique aqui e saiba mais).

 

389 migrantes AM-FM?

 

O número é relacionado ao levantamento feito pelo tudoradio.com nos dials AM/FM no portal, ou seja, são 389 migrantes AM-FM que tem a sua cobertura em FM já mapeada pela equipe do portal (até o fechamento desta matéria). 

 

O levantamento completo (inclusive o número de migrantes por estado) pode ser acompanhado aqui. A atualização é diária.

 



Fonte: TUDO RÁDIO
 
   
Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado do Rio Grande do Sul
Av. Getúlio Vargas, 774 - cj 604 - Bairro Menino Deus
CEP: 90.150-002 - Porto Alegre - RS - Fone: (51) 3231-4260
 
Sindiradio ® Todos os direitos reservados